Veja benefícios da Zumba, aula aeróbica movida a ritmos latinos

Aula de fitness com músicas latinas queima de 300 a 800 calorias!

Atividade promete afinar a silhueta, definir os músculos e momentos de muita diversão. Tudo de maneira dançante!

Cansada dos treinamentos sempre iguais de aeróbica da academia? Chegou a hora de conhecer a zumba! A aula de fitness promete fazer você queimar calorias e tonificar os músculos dançando e fazendo movimentos ao ritmo de músicas latinas empolgantes como salsa, merengue, cumbia, reggaeton, cha cha cha, latin pop, samba, reggae, calypso e bachata. “Como é um ritmo derivado de músicas latinas, o gasto de calorias é alto e as aulas são com muita intensidade”, explica o educador físico Thiago Martinez.

Mas não precisa ficar assustada achando que não conseguirá entrar no ritmo. Quem pratica a zumba afirma que não é preciso saber dançar para começar as aulas. Há diversos tipos de passos e a atmosfera é propícia a se arriscar no rebolado, já que o clima é de pura festa.

Corpinho em forma

“A zumba favorece o corpo todo, porém age nas pernas e tronco com mais ênfase, devido às posturas específicas e passos marcados do ritmo latino”, afirma Martinez. De acordo com o profissional, essas áreas são mais torneadas porque esse tipo de exercício exige mais esforços e movimentos dos membros inferiores e da cintura.

Tal qual outras atividades aeróbicas, como andar de bicicleta e fazer aulas de jump, a zumba contribui para a queima (e muita!) de calorias, o que, aliado a uma alimentação balanceada, gera o emagrecimento. Segundo Martinez, uma frequência média de duas a quatro aulas por semana promove um gasto calórico que pode ser visto no espelho em cerca de dois meses. Convidativo, não?

Por que zumba?

“A vantagem é o momento lúdico que a atividade proporciona, além da promoção da saúde cardiovascular”, define o educador físico. Isso porque as aulas propiciam momentos de distração ao mesmo tempo de intensa atividade do organismo.

Esses são os principais motivos para experimentar a zumba, mas além disso é uma atividade física divertida, já que dançando e fazendo os movimentos você nem percebe que está se exercitando; é fácil, qualquer pessoa pode participar pois os passos são básicos; é diferente de tudo que já existiu nas academias; e o mais importante: é eficaz, já que ajuda a deixar seu corpo em forma.

Martinez destaca que a atividade não pode ser comparada à musculação, já que o exercício com aparelhos visa trabalhar músculos específicos, enquanto a zumba tem como objetivo o corpo todo, focando a parte cardíaca, similar às aulas de ginástica.

Como surgiu?

Devolver a diversão ao fitness. Foi o que fez o colombiano Alberto Perez, conhecido como Beto. O professor de aeróbica criou a modalidade por acaso, quando improvisou uma de suas aulas com músicas latinas que tinha no seu carro. Percebendo o sucesso da aula, o profissional passou a adaptar o formato, resultando no que conhecemos hoje como zumba. A fama de Beto ficou tão grande que até a cantora Shakira o contratou como coreógrafo de um de seus discos.

Em 2001, vivendo nos Estados Unidos, Beto juntamente com mais dois especialistas em exercícios físicos criaram o Zumba Fitness. Desde então, a modalidade se espalhou pelo mundo, e hoje está presente em cerca de 75 países.

Por Larissa Faria

Texto: Amanda Dias Consultoria: Thiago Martinez, educador físico especialista em correção postural.

Fonte: www.zumbabrasil.blogspot.com.br